Página inicial‎ > ‎MEDIATECA‎ > ‎bang activeNews‎ > ‎

bang activeNews #002

Publicado a 08/05/2010, 12:08 por Web Admin   [ atualizado a 29/06/2010, 02:33 ]
 
Novas regras de Cálculo do Subsídio de Desemprego

Calculadora do Subsídio de Desemprego?
 
Instruções da calculadora

Para usar a calculadora, basta introduzir o valor do seu salário bruto e a sua taxa de IRS, sendo que nos cálculos o Económico considerou uma Taxa Social Única de 11%, que é aplicada à generalidade dos trabalhadores.

Para saber a sua taxa de retenção na fonte de IRS basta consultar o valor que constava no seu recibo de ordenado.

Se quiser calcular o salário bruto de uma forma mais próxima das regras do Governo terá de introduzir na célula "Salário Bruto" a sua Remuneração de Referência.

A Remuneração de Referência corresponde à remuneração média diária definida por R/360, em que R representa o total das remunerações registadas nos primeiros 12 meses civis que precedem o 2º mês anterior ao da data do desemprego. Note-se que a Remuneração de Referência pode incluir vários subsídios que ainda podem ou não ser taxados.

Exemplo prático

O Económico mostra-lhe se um caso prático, apresentado pelo Ministério do Trabalho, de um desempregado, sem filhos, com um salário mensal de 1.040 euros.

Neste caso, é assumido que o beneficiário tem uma Remuneração de Referência idêntica ao seu salário mensal, ou seja, de 1.040 euros.

A taxa de retenção na fonte de IRS é de 8%. A Remuneração de Referência líquida será de 851,60 euros. O valor calculado do subsídio de desemprego será de 676 euros. Ou seja, este beneficiário tem uma taxa de substituição líquida de 79,4%.

O novo limite define que o máximo a que este beneficiário terá direito corresponde a 75% da Remuneração de Referência, ou seja, o beneficiário terá uma redução da prestação de 37,34 euros. Sendo que neste caso a taxa de substituição baixa para 75%.

activjob 

by bang panaceia