Adiamento especial do Pagamento e Regras de Diferimento da TSU (Segurança Social)

Publicado a 30/03/2020, 15:44 por José Alferes

O Governo isenta empresas de contribuições para a Segurança Social 

Esta medida abrange as entidades empregadoras que:

  • se enquadrem nas situações de lay-off simplificado, lay-off simplificado com formação 
  • ou que sejam beneficiárias de incentivo financeiro extraordinário, nos meses da vigência das medidas. 

Diferimento do pagamento de contribuições sociais devidas entre março e maio de 2020
(não é necessária entrega de requerimento) 
  1. Redução para 1/3 da obrigação do pagamento das contribuições sociais referentes aos meses de março, abril e maio de 2020, pago no mês em que é devido [O incumprimento deste pagamento determina a imediata cessação dos benefícios concedidos]
  2. O montante dos 2/3 é pago em prestações iguais e sucessivas nos meses de julho, agosto e setembro de 2020 ou nos meses de julho a dezembro de 2020, sem juros. Em julho de 2020, as entidades empregadoras devem indicar na Segurança Social Direta qual dos prazos de pagamento previstos pretendem utilizar. 
  3. O regime agora aprovado não impede o pagamento integral das contribuições devidas pelas entidades empregadoras, se estas assim o decidirem. 
  4. O prazo para pagamento das contribuições e quotizações devidas no mês de março de 2020 termina, excepcionalmente, a 31 de março de 2020.  


Pagou a TSU de FEV/2020 no prazo normal até dia 20/03?

Senão, lembramos que pode pagar até amanhã... data-limite fixada em até 31/03/2020

Quem pagou normalmente a TSU e assim não beneficiou daquele adiamento especial...
vê as facilidades (redução e diferimento da TSU) estendidas e aplicáveis ao período de 01/04 a 30/06/2020
(em vez de março a maio)


Saiba mais aqui...


activ€virus
by bang panaceia

Comments